• suporte8665

Retenção de talentos: o que é e sua importância

Ao contratar novos funcionários para integrar uma empresa, o objetivo da gestão é encontrar pessoas capacitadas, que possam realmente agregar valor a equipe. A famosa retenção de talentos é uma estratégia que está sendo cada vez mais utilizada no mercado, que, para se destacar entre a concorrência, buscam formas de se manterem relevantes para seus colaboradores.


Por esse e outros motivos, o maior desafio do RH de uma empresa é, não somente contratar um bom funcionário, mas sim, um talento. Neste texto, vamos explicar o conceito de retenção de talentos e a sua importância dentro de uma empresa. Para reter talentos e obter os seus benefícios, é só continuar a leitura!


O que é retenção de talentos?


Antes de explicar o conceito de retenção de talentos, é preciso entender o que de fato são estes talentos. A palavra ‘’talento’’ é utilizada para indicar profissionais que possuem alta produtividade, grande compatibilidade com a vaga e um perfil que se encaixa com os padrões da empresa.


Dentro do mercado de trabalho, estes profissionais têm grande poder de escolha. Por serem especialistas, são cobiçados por outras empresas e assim, podem escolher entre as propostas. É importante lembrar que essa escolha não necessariamente depende somente do salário, mas também de outros fatores, como os benefícios oferecidos.


Portanto, a retenção de talentos é um conjunto de estratégias pensadas para contratar talentos e mantê-los por mais tempo dentro da organização. Aqui, inúmeros métodos podem ser feitos desde o início do recrutamento e devem perdurar durante toda a permanência do profissional na empresa.


Para isso, é essencial criar formas de motivar os colaboradores, com um ambiente de trabalho agradável e perspectiva de crescimento dentro da organização.


Qual é a sua importância?


Cada vez mais as empresas estão compreendendo qual é o seu principal ativo: o capital humano. Entender que uma empresa só cresce no mercado com a ajuda das pessoas, dos seus colaboradores, é o principal objetivo deste conceito. Com profissionais produtivos e adequados ao seu cargo, é possível alcançar as metas e propósitos da empresa com mais facilidade.


O processo de contratação, desde o recrutamento até a seleção, demanda tempo e dinheiro. O que, aliás, custa mais caro do que manter um bom funcionário na empresa. Isto significa que, vale mais a pena investir na retenção de talentos — ou seja, na valorização dos funcionários — do que passar por diversos processos de seleção de novos colaboradores.


Benefícios da retenção de talentos para empresas


1. Melhora no clima organizacional


O clima organizacional, em um ambiente de trabalho, impacta diretamente na qualidade do serviço produzido pela sua equipe. Um ambiente agradável aumenta a colaboratividade entre o time, onde sempre um está disposto a ajudar o outro.


Dessa forma, o relacionamento e harmonia na empresa é melhorado. Ao motivar e valorizar os seus funcionários, a sua confiança é potencializada, mantendo-os engajados nas suas atividades diárias, entre elas, a colaboração.


2. Maior produtividade


Como citamos anteriormente, um profissional, ao se sentir valorizado, se engaja mais nas suas tarefas, se tornando mais produtivo. Uma das formas de fazer com que o profissional se sinta valorizado e tenha sua produtividade melhorada, é alinhando os objetivos. Isto significa que, o profissional deve ter em mente aquilo que é preciso fazer para alcançar as metas estabelecidas.


3. Redução de custos


O processo de contratar um novo funcionário demanda mais dinheiro do que valorizar e manter os já contratados. Além dos custos financeiros, o tempo gasto também deve ser considerado nessa equação.


O tempo do profissional de Recursos Humanos, tanto na contratação quanto no desligamento do outro, é gasto. Para isso, é preciso considerar a retenção de talentos.


4. Novos talentos


A retenção de talentos, assim como a valorização dos profissionais já contratados, têm relação com a contratação de novos talentos. Quando uma empresa consegue elaborar boas estratégias para reter talentos, ela constrói uma boa reputação entre possíveis candidatos.


Dessa forma, a organização será mais cobiçada, e assim, os processos seletivos serão mais concorridos.


5. Melhora competitiva


Ter uma grande concentração de talentos na sua empresa garante uma vantagem competitiva entre a concorrência. Um conceito que explica esse fenômeno é o employer brand, onde uma empresa é conhecida justamente pela retenção de talentos. Nesse caso, são os próprios colaboradores que promovem a imagem da empresa.


E aí, você já conhecia este conceito? Pretende aplicá-la na sua empresa e obter os seus benefícios? Caso tenha gostado desse texto e queira receber mais conteúdos como este, siga-nos no Facebook e Instagram!


9 visualizações1 comentário